quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Caminhos


Meridiano do Estômago



 Fluxo do Meridiano: começa debaixo do olho, sobe pelo lado do rosto, então desce pelo tronco até chegar ao segundo artelho.
 Hora do dia de maior atividade: das 7hs às 9hs.
 Elemento Associado: terra
 Órgão Complementar ou Companheiro: Baço e Pâncreas

Função e Características
Dentro da Medicina Chinesa o estômago é particularmente importante. Sua função primária é preparar os alimentos que ingerimos para serem refinados pelo baço e classificados pelo intestino delgado. Quando pensamos neste par – estômago e baço/pâncreas – a primeira associação é a sustentação física de nutrientes de onde é extraída a energia (chi).
O chi retirado dos alimentos vai repor as energias que gastamos em nosso dia a dia.
O estômago lida com aproximadamente 3 quilos de alimentos sólidos e líquidos, diariamente. Junto com seu parceiro (baço), o estômago é responsável pela distribuição de nutrientes derivados do alimento pelo corpo todo, principalmente nos músculos e membros. Se o estômago for fraco, é comum sentir cansaço e sensação de peso nos membros.

O ego também está associado com este par estômago/baço; por consequência problemas emocionais como vícios, apego, rigidez mental, teimosia e interesse excessivo por si próprio e vaidade exagerada são atribuídos ao desequilíbrio nestes órgãos.

Como o estômago é o centro da nutrição, de modo similar a energia do estômago está relacionada à assimilação e digestão de ideias.
Uma sensação emocional de vazio nascida de um desequilíbrio no meridiano do estômago irá resultar em um forte desejo por comida, ao nível físico, e muita estimulação mental e emocional.
Esta é uma visão interessante do frequente desejo de comer quando está “entediado”ou da sensação de permanente insatisfação ou de nunca sentir-se “cheio, pleno”.

Outros sintomas de desequilíbrio são: ansiedade (em combinação com o par pulmões/intestino grosso), esquecimento (em combinação com o par fígado/vesícula biliar), problemas na boca e forte desejo por ou reação a doces.
Eructação e ânsia de vomito são tentativas do estômago para restabelecer seu equilíbrio.
A saúde deste par de órgãos é expressa por meio do cantarolar e da criatividade, da imaginação e pensamentos ou ideias positivas.
Alguns sintomas gerais de desequilíbrio:
Língua seca, nariz entupido, distensão abdominal após as refeições, estômago
embrulhado, sensação de friagem na parte frontal do corpo, superalimentação, úlceras, inapetência, sede excessiva, rigidez no plexo solar, desconfiança.
Algumas qualidades psicológicas quando em equilíbrio:
Emoções centradas e equilibradas, autoconfiança, bom paladar, sensação de adequação, prudência no agir e pensar.

Algumas qualidades psicológicas quando em desequilíbrio:
Ansiedade, preocupação, ceticismo exagerado, falta de autoconfiança, apetite influenciado pelo estado de humor, tendência a pensar e comer demais, pressa constante, nervosismo com detalhes.

domingo, 27 de setembro de 2015

Meridianos Pulmão/Intestino Grosso

Meridiano do Intestino grosso



O Estudo do Intestino Grosso é muito mais simples que os demais Zang-Fu, apesar de sua função ser de extrema importância. Precisamos saber, então, que suas principais funções são:
1) Controlar a Passagem e a Condução
2) Transformar as fezes e reabsorver os fluídos
Em resumo, a principal função do Intestino Grosso consiste em receber os alimentos e as bebidas do Intestino Delgado. Tendo absorvido alguns dos fluidos, excretar as fezes.
Sem o Intestino Grosso, os metabólitos (substâncias tóxicas para o corpo) ficariam presos em nosso organismo, e a vida seria impossível.
Mas o que pode causar doenças no Intestino Grosso?

A)Fatores Patogênicos Externos
- Frio: o intestino grosso é facilmente afetado pelo frio externo, principalmente quando há vestuário inadequado. O meridiano do Intestino Grosso passa pelos membros superiores, que quando desprotegidos podem ser afetados pelo frio perverso.
- Umidade: sentar-se em locais úmidos e frios e a umidade externa afetam facilmente o intestino grosso. Da mesma forma da invasão anterior, a umidade pode penetrar o meridiano do Intestino Grosso. Porém, no caso da Umidade, até mesmo morar em locais extremamente úmidos podem prejudicar o funcionamento deste órgão.

b) Tensão Emocional
- Tristeza: a tristeza afeta principalmente o Pulmão e pode afetar o IG indiretamente por serem acoplados. A tristeza causa deficiência do Qi do Pulmão e do IG. É notável, que principalmente mulheres ficam constipadas quando passam por períodos de tristeza profunda.
- Preocupação: a preocupação depaupera o Qi do Pulmão que não desce e auxilia o IG em suas funções. Isso causa estagnação do Qi do IG e as fezes também ficam retidas.
- Raiva: a raiva, a frustração e o ressentimento afetam o IG, causando estagnação do Qi neste órgão. Principalmente se esses sentimentos forem sentidos após as refeições. Inicialmente, estes sentimentos afetam o Fígado, causando a estagnação do Qi do mesmo. Esta estagnação gera calor, que pode invadir o IG tornando as fezes ressecadas e fétidas.

c) Dieta
- Alimentos frios e crus: geram Frio no IG.
- Alimentos gordurosos: geram Umidade
- Alimentos fritos: podem gerar Calor e Umidade.
O ideal é manter a dieta SEMPRE equilibrada. Não devemos pedir à um paciente que ele deixe de consumir certo alimento, mas sim para comer qualquer tipo de alimento sem excesso.
Sabendo o que causa doenças do Intestino Grosso, vamos entender os Padrões relacionados à esse órgão:

Padrões de Excesso

1) Umidade Calor no Intestino Grosso: sintomas de dor abdominal que não melhora por
evacuação, muco, sangue nas fezes, sensação de peso no corpo e nos membros, urina escassa e escura, diarréia. É um padrão causado principalemnte por dieta inadequada e estresse emocional.

2) Calor no o Intestino Grosso: sintomas de fezes secas, sensação de queimação na boca e no ânus, urina escura e escassa. É principalmente causado pelo consumo excessivo de alimentos quentes e secos.

3) Frio Invadindo o Intestino Grosso: sintomas de dor abdominal repentina, diarréia com dor, sensação de frio. Língua com revestimento branco. Neste caso é necessário estar atento ao vestuário adequado ao clima.

4) Estagnação do Qi no Intestino Grosso: sintomas de distensão e dor abdominais, constipação com fezes em pedaços, irritabilidade, agravação da condição de acordo com o humor. Este padrão pode ocorrer devido à alimentação irregular, ou seja, em horários que não são pré determinados. Porém, o que mais chama atenção neste padrão é o fato dele acontecer principalmente por alterações de humor. Pode ser facilmente associado ao que a medicina Ocidental chama de 
Síndrome do Intestino Irritável.

Padrões de Deficiência

1) Intestino Grosso Seco: sintomas de fezes ressecadas e difíceis de serem eliminadas, boca e garganta secas, corpo delgado, mau hálito.
Em países muito secos, este padrão pode acontecer principalmente por invasão de secura, porém a dieta irregular também está associada à esta doença.

2) Colapso do Intestino Grosso: sintomas de Diarréia crônica, prolapso de ânus, hemorróidas, cansaço após evacuações intestinais, membros frios, falta de apetite, esgotamento mental, vontade de beber líquidos quentes, vontade de ter o abdome massageado.
Este padrão é importante pois é ocasionado por um desequilíbrio de Baço-Pâncreas e/ou Estômago. O trabalho físico é um dos causadores mais comuns desse padrão, pois lesa o Baço. No meio esportivo, estes são sintomas de “over training”.

Além disso, quando o Estômago ou o Baço são invadidos por vermes, esse padrão também pode acontecer.
Com os conhecimentos postados acima, fica fácil entender que para que o Intestino Grosso funcione regularmente é necessário se alimentar bem, com regularidade de horários, evitar grandes períodos de estresse emocional e manter o vestuário adequado de acordo com as condições climáticas.

O consumo adequado de água também colabora para um bom funcionamento do Intestino Grosso.
Outra questão importante, é tomar cuidado com o Baço-Pâncreas e com o Estômago, que já foram estudados. Os maiores desquilíbrios de Intestino Grosso são provenientes destes órgãos.
Alguns livros mais “esotéricos” dizem que a falta de funcionamento do Intestino Grosso está ligada à situações de apego. 

http://www.facilitandoacupuntura.com.br/os-zang-fu-intestino-grosso-fisiologia-e-patologia/


quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Meridiano do Pulmão




Elemento: Metal Horário: 03: 00 às 05:00 hs.
Estação: Outono
Trajeto: Centrífugo

O Meridiano do Pulmão apresenta 11 pontos bilaterais.
O Pulmão para a Medicina Oriental é um órgão ímpar e que tem como função principal dirigir o Qi. Na respiração o Pulmão trás para o interior do Ser Humano o Qi Celeste e expira o Qi viciado " a emanação do Céu se comunica com o Pulmão ". Sun Wen.

O Pulmão governa a respiração pois inala o Qi puro e exala o Qi impuro. A troca e renovação constantes do Qi realizadas pelo Pulmão asseguram o funcionamento adequado de todos os processos fisiológicos do organismo.

O Qi dos alimentos é enviado pelo Baço para o Pulmão, onde, combinado com o ar inalado da origem ao Qi torácico, num processo denominado Mar do Qi.

O Pulmão governa o Qi e  auxiliar o Coração na circulação do Sangue. Assim, embora o Coração controle os vasos sanguíneos, o Pulmão tem um papel importante na manutenção da saúde dos mesmos, assim como nos Meridianos.,

O Pulmão apresenta a função de dispersar o Qi Defensivo e os Fluidos Corpóreos de todo o organismo para o espaço entre a pele e os músculos. Esta é a maneira pela qual o Pulmão está fisiologicamente relacionado à pele, assegurando que o Qi Defensivo seja distribuído igualmente por todo o organismo sob a pele, aquecendo a pele e os músculos e protegendo o organismo contra fatores patógenos exteriores.

O Pulmão é o Zang mais elevado no corpo, sendo necessário assegurar a nutrição de Qi, Sangue e fluidos corpóreos a todos os órgãos, prevenindo o acumular e a estagnação. Assim, previne-se também a exaustão do próprio Pulmão.
Após receber os fluidos refinados do Baço, o Pulmão distribui-os por todo o organismo pela pele, através da sudorese. Faz descê-los também até ao Rim e a Bexiga, sendo excretados pela urina.

O Pulmão nutre e umedece a pele e os pelos, influenciando o Qi Defensivo que flui sob a pele.

O nariz é a abertura do Pulmão pois é através deste que ocorre a respiração. Se o Qi do Pulmão é forte, o nariz abre-se, a respiração será fácil e o olfato normal. Se o Qi for debilitado ou se o Pulmão for invadido por fatores patogênicos exteriores, o nariz ficará obstruído, podendo ocorrer perda de olfato e espirros.

A Alma Corpórea é a parte mais física e material da alma do ser humano. Ela está intimamente relacionada com a Essência e pode-se dizer que é a manifestação da Essência na esfera dos sentimentos e sensações. Estando relacionada ao Pulmão, a Alma Corpórea também está vinculada à respiração. É diretamente afetada pelas emoções de tristeza ou lamento, que obstruem seus movimentos.


Alma Corpórea e Essência: A Alma Corpórea está intimamente ligada à Essência, pois é originária da mãe e surge logo assim que a Essência pré-celestial do recém-nascido se forma.. A Alma Corpórea permite que a Essência participe de todos os processos fisiológicos do organismo, e por isso mesmo é a mais próxima da Essência.


Estas emoções têm um efeito poderoso e direto sobre a respiração. A respiração fica rápida e superficial, quando uma pessoa está triste, depressiva. Portanto o ponto P7  apresenta um efeito poderoso sobre as emoções contidas, enquanto o ponto B42  tonifica o Qi do Pulmão e fortalece a Alma Corpórea.
"Quando o Pulmão estiver em excesso, haverá sonhos sobre lamentos. Se o Pulmão é deficiente, haverá sonhos com objetos brancos ou matanças sangrentas. Se os sonhos acontecerem no Outono, haverá sonhos com batalhas e guerras."

O Pulmão governa o Qi, que está intimamente relacionado com o Sangue e flui nos Vasos Sanguíneos junto com aquele. Uma vez que o Qi do Pulmão afeta os Vasos Sanguíneos, o pulso da artéria radial, situada sobre o Meridiano do Pulmão, reflete o estado de todos os sistemas.

O Pulmão influencia a pele e o Qi Defensivo, sendo facilmente invadido pelos fatores patogênicos externos, particularmente o Frio.

A força, tom e claridade da voz são dependentes do Pulmão. Quando este é saudável, é comparado a um sino, que toca um som nítido, que é a voz. Se o Pulmão está debilitado, a voz se torna baixa.

Respiratórios: mal estar torácico, dispnéia, tosse com ou sem expectoração, hemoptise, dor torácica, calafrios, febre e coriza.

Sintomas cutâneos: hiperidrose, sudorese noturna, urticária, dor cutânea.

Mental: medo, depressão, claustrofobia.

Membros superiores: dor ou parestesias ao longo da área do meridiano.

Sintomas de excesso de energia: respiração ruidosa, voz alta, distensão torácica, dor dorsal alta, dor nos ombros e braços, dor cutânea, hemoptise, tosse com chiado, febre, calafrios, dor torácica, expectoração purulenta ou e odor fétido.

Sintomas de deficiência de energia: taquipnéia com tosse, escarro fluido, voz fraca e baixa, chiado seco, sudorese noturna, medo, claustrofobia, depressão,parestesias profundas e maldefinidas ao longo da área do meridiano.



Trajeto

O Canal do Pulmão tem origem no Jiao Médio, na região do Estômago, de onde descende internamente até conectar-se com o Intestino Grosso, em seguida, ascende até o Estômago, passa pelo diafragma, e penetra o Pulmão. Dai ascende até a garganta, dirige-se obliquamente para baixo e emerge no tórax, em P-1 (Zhongfu), situado no primeiro espaço intercostal, a 6 cun da linha média. De P-1 (Zhongfu) o Meridiano sobe 1 cun até P-2 (Yunmen), percorre a área abaixo da axila até o braço, onde seguirá por sua face medial, entre o Canal do Pericárdio e do Intestino Grosso, ao longo da borda anterior do rádio até P-7 aonde um ramo sai internamente e conecta-se a IG-1 (Shangyang). Externamente segue pelo sulco radial e alcança P-9 (Taiyuan) aprofundando-se. Externaliza-se novamente sobre os músculos tenares alcançando P-10 (Yuji), de onde segue até o ângulo ungueal interno no primeiro quirodáctilo, terminando no ponto P-11 (Shaoshang).
Trajeto Canal Luo

O Canal Luo se separa do Canal principal do Pulmão em P-7 (Lieque), segue pelo Canal do Pulmão pela palma da mão e ramifica-se através da eminência tenar, e conecta o Canal do Pulmão interior-exteriormente com o Canal do Intestino Grosso.
Trajeto Canal Divergente

Diverge do Canal Principal do Pulmão na axila e passa anteriormente ao Canal do Coração no peito, conecta-se com o Pulmão e dispersa-se no Intestino Grosso, uma ramificação ascende do Pulmão, emerge pela fossa supracavicular, ascende através da garganta em converge com o Canal do Intestino Grosso.
Pontos - localização, funções energéticas e indicações
P-1 (Zhongfu) Palácio central
P-2 (Yunmen) Porta das nuvens
P-3 (Tianfu) Palácio do Céu
P-4 (Xiabai) Branco Forçado
P-5 (Chize) Lago do Cotovelo
P-6 (Kongzui) Passagem suprema
P-7 (Lieque) Brecha divergente
P-8 (Jungqu) Passagem do Qi do Canal
P-9 (Taiyuan) Lago profundo
P-10 (Yuji) Eminência tenar
P-11 (Shaoshang) Metal jovem












Meridiano do Pulmão – shŏu tài yīn fèi jīng

1 – Zhong fu
localização
1 cun abaixo do ponto 2P (no espaço inter-costal imediatamente abaixo).
inserção
Inserção oblíqua de 0,5 a 0,8 cun. Inserção muito profunda pode provocar pneumotorax.
função
1         Ponto de Alarme do Pulmão.
2         Regula o Qi do Pulmão.
3         Alivia o peito.
4         Regula a função de dispersar e descender o Qi do Pulmão.
5         Elimina Calor: este ponto não só elimina calor como nutre o Yin do pulmão.
6         Regula a função descendente do Qi do Estômago.
indicações
Regula o Qi do Pulmão: tosse, asma, dificuldade respiratória. As funções clínicas de regular o Qi do Pulmão, dispersar e fazer o Qi do Pulmão, tal como aliviar o peito encontram-se intimamente relacionadas. Assim ao regular o Qi do Pulmão, este ponto serve para tratar a asma e tosse, ou seja, provoca a dispersão e descida do Qi do Pulmão.
Alivia o peito: dor torácica, congestão no peito.
Elimina Calor: sensação de calor no peito, sintomas de secura do Pulmão como tosse sem expectoração, congestão torácica, hemoptise.
Faz o Qi do Estômago descer: vómitos, distensão abdominal.
A punctura é oblíqua para fora ao longo das intercostais ou recorre-se ao uso de ventosas.
combinações

1P – 13B – asma, tosse.
1P – 6P – 13B –22VC – 17VC – Dingchuan – asma bronquica[1].
1P – 6P – 13B – 22VC – 17VC – 14VG – 40E – Dingchuan – asma bronquica devido a Mucosidade-Calor[2].
1P – 6P – 13B – 22VC – 17VC – 20B – 43B – 6VC – 36E – Dingchuan – asma bronquica devido Vazio de Qi do Pulm|ao e Baco[3].
1P – 6P – 13B – 22VC – 17VC – 23B – 4VC – 3R – 6BP – Dingchuan – asma bronquica devido a Vazio de Yin do Pulmao e Rim[4].
1P – 6P – 13B –22VC – 17VC – 15B – 23B – 6VC – 4VC – 6MC – Dingchuan – asma bronquica devido a Vazio de Yang do Corac|ao e Rim[5].
1P – 6P – 10P – 40E – 13B – 17VC – 14VG . 11IG – tosse e bronquite devido a Plenitude Calor no Pulmão[6].
1P – 6P – 10P – 40E – 13B – 17VC – 5P – 6R – tosse e bronquite devido a Vazio de Yin do Pulmão e Rim[7].
1P – 22VC – mucosidades e asma.
1P – 17VC – 7P – opressão torácica devido a problemas no pulmão.
1P – 7P – 13B – 6R – tosse por Vazio de Yin com secura do Pulmão[8].
1P – 2P – 13B – 14F – 1BP – 47B – 7MC – dor torácica[9].
1P – 16VC – constrição esofágica com dificuldade de ingestão e vómito[10].
1P – 7P – 4IG – 13B – 16VG – 5TA – tosse por invasão de Vento-Frio externo[11].

2 – Yunmen
localização
No sulco delto peitoral, ao nível do bordo inferior do extremo interno da clavícula.
inserção
Inserção oblíqua de 0,5 a 0,8 cun. Inserção muito profunda pode provocar pneumotorax.
função
1         Regula o Qi do Pulmão.
2         Alivia o peito.
3         Elimina Calor do Aquecedor Superior.
4         Activa o meridiano.
indicações
Regula o Qi do Pulmão e alivia peito: asma, tosse, problemas no pulmão (dispneia, respiração curta, etc…), opressão torácica.
Elimina Calor do Aquecedor Superior: sensação de calor.
Activa o meridiano: dor no ombro e no peito.
É um ponto local.
combinações
2P – 12ID – dor no ombro com incapacidade de elevar o ombro[12].

3 – Tianfu
localização
A 6 cun proximais à prega de flexão do cotovelo no bordo externo do bíceps.
inserção
Inserção perpendicular de 0,5 a 1 cun.
função
1         Elimina Calor.
2         Regula a função de descender o Qi do Pulmão.
3         Arrefece o Sangue.
4         Activa o meridiano.
indicações
Elimina Calor e faz descer o Qi do Pulmão: tosse, asma, dispneia, epistaxis, hemoptises.
Arrefece o Sangue: hemoptise, epistaxis.
Activa o meridiano: dor no braço e no ombro.
combinações
3P – 4IG – epistaxis[13].

4 – Xiabai
localização
A 5 cun proximais da prega de flexão do cotovelo no bordo externo do bíceps.
inserção
Inserção perpendicular de 0,5 a 1 cun.
função
1         Regula o Qi e o Sangue no Aquecedor Superior.
2         Activa o meridiano.
indicações
Regula o Qi e o Sangue no Aquecedor Superior: dor torácica, dispneia, tosse, asma.
Activa o meridiano: dores localizadas.
combinações

5 – Chize
localização
Na prega de flexão do cotovelo, no bordo externo (radial) do tendão do músculo bíceps.
inserção
Inserção perpendicular de 0,5 a 1 cun.
função
1         ponto He/mar do Pulmão: como ponto mar também é usado para tratar padrões de Humidade ou Humidade-Calor e Vazio de Yin. Considera-se que este ponto tem capacidade de regenerar os líquidos orgânicos associados ao Pulmão.
2         Regula o Qi do Pulmão.
3         Regula o Qi na zona local (activa o meridiano).
4         Elimina Calor do Pulmão ( a função clínica de eliminar calor está relacionada com o facto de ser o ponto água; como se sabe existem, em cada meridiano, dois pontos específicos para eliminar calor sendo eles: o ponto água e o ponto manancial).
indicações
Ponto He/mar: tosse seca, garganta seca, sensação de calor no peito, sensação de peso no peito, tosse com expectoração espessa e pegajosa, etc…
Regula o Qi do Pulmão: dispneia, tosse, asma, respiração curta, etc…
Regula o Qi na zona local: dor no cotovelo.
Elimina Calor do Pulmão: infecções nas vias respiratórias, problemas de pele causadas por calor no pulmão como calor com comichão na pele, pele vermelha, hemoptise, epistaxis, etc…
combinações
5P – 13B – 22VC – Dingchuan – bronquite crónica[14].
5P – 40E – 17VC – 22VC – 13B – Dingchuan – asma brônquica com expectoração profusa[15].
5P – 7P – 13B – 22VC – 17VC – 4IG – 40E – Dingchuan – asma brônquica por Mucosidade-Calor[16].
5P – 13B – 17VC – 22VC – 14VG – 11IG – tosse por invasão de Vento-Calor externos[17].
5P – 10P – 13B – 4IG – 40E – tosse por Mucosidade-Calor[18].
5P – 13B – 43B – 6BP – 3R – tosse por Vazio de Yin do Pulmão[19].
5P – 22VC – 4VC – 7P – 36E – 6R – tosse por Vazio de Yin[20].
5P – 13B – 18B – 3F – 6BP – tosse por Súbida de Yang do Fígado que ataca o Pulmão[21].
5P – 7P – 13B – 6BP – 3R – tosse por secura do Pulmão[22].
5P – 6R – 4IG – 7P – tosse e bronquite devido a Vento-Secura[23].
5P – 13B – 43B – 23B – 3R – 22VC – bronquite crónica por Vazio de Yin do Pulmão e do Rim[24].
5P – 10P – hemoptise[25].
5P – 7P – 10P – 20VB – 4IG – 20IG – gripe por Vento-Calor[26].
5P – 4IG – 14VG – 20VB – invasão de Vento-Calor externos[27].
5P – 1P – 11IG – 4IG – 6MC – 17VC – respiração ofegante por invasão de Vento-Calor externos[28].
5P – 14VG – 13B – 4IG – pneumonia. Se existir perda de consciência usamos 1R e 26VG; dor no peito recorremos ao 6TA; expectoração excessiva usamos o ponto 40E ou expectoração com sangue seleccionando o ponto 17B[29].
5P – 13B – 43B – 36E – Jiehexue – tuberculose pulmonar[30].
5P – 1P – 40E – 22VC – 6MC – 6BP – 14VG – dor de garganta por Mucosidade-Calor no Pulmão[31].
5P – 11IG – contracção e dor no cotovelo[32].
5P – 10BP – calor no sangue ou vazio de sangue provocam problemas de pele.
5P – 4IG – 11IG – 10VG – 40B – acne por Calor no Pulmão[33].
5P – 17B – comichão na pele, pele vermelha.

6 – Kongzui
localização
A 7 cun proximais da prega transversal distal do punho, no bordo interno do rádio, entre o longo supinador e o flexor radial do carpo.
inserção
Inserção perpendicular de 0,5 a 1 cun.
função
1         Ponto de Emergência do Pulmão (como ponto de emergência possui uma série de funções clinicas extremamente importantes para diversos problemas pulmonares como: (1) provoca a dispersão e descida do Qi do Pulmão, (2) elimina Calor e lubrifica os pulmões, (3) actua em condições agudas e (4) alivia sintomas hemorrágicos.
2         Activa o meridiano.
indicações
Ponto de Emergência do Pulmão: trata casos agudos como asma, tosse, dor de garganta, e casos de emergência como tuberculose, hemoptise, doenças febris com ausência de transpiração e quadros hemorrágicos como hemóptise.
Activa o meridiano: acção analgésica  na presença de dor no braço.
combinações
6P – Dingchuan – asma[34].
6P – 17VC – 13B – 6MC – 40E – 3R – Dingchuan – asma[35].
6P – 17VC – 13B – 6MC – 40E – 3R – Dingchuan – 14VG – 11IG – asma por Mucosidade-Calor no Pulmão[36].
6P – 1P – 13B – 17VC – 22VC – 40E – tosse e bronquite devido a Humidade-Frio no Pulmão[37].
6P – 3MC – 13B – tosse[38].
6P – 9P – tosse com hemoptise. Quando existe inflamação da artéria usa-se o ponto 6P.
6P – 13B – 14VG – 12VC – 40E – 44E – hemóptise por Mucosidade-Calor no pulmão[39].
6P – 7P – 10P – 2IG – 4IG – 14VG – hemoptise por invasão de Calor externo[40].
6P – 10P – 2F – 6F – 4MC – hemoptise por Fogo no Fígado[41].
6P – 5P – 6BP – 3R – hemoptise por Vazio de Yin[42].
6P – 1P – 6MC – 4BP – 17VC – 6VC – palpitações por Estagnação de Qi do Pulmão[43].

7 – Lìeque
localização
A 1,5 cun da prega transversal distal do punho, no bordo externo do tendão do longo supinador.
inserção
Inserção horizontal de 0,5 a 0,8 cun.
função
1         Ponto de Conexão/Luo do Pulmão (pode tratar dois meridianos ao mesmo tempo, neste caso o Intestino Grosso).
2         Ponto de Abertura do Ren Mai: alguns autores consideram que este ponto desinibe a micção. Esta função deve-se ao facto de ser ponto de abertura do Ren Mai.
3         Elimina Vento.
4         Regula a função de descender e dispersar o Qi do Pulmão.
indicações[44]
Ponto de Conexão do Pulmão: dor de garganta, tonsilite, dor de dentes, dor de cabeça, paralisia facial.
Ponto de Abertura do Vaso de Concepção: problemas urinários, genitais e reprodutivos.
Elimina Vento: problemas da garganta por vento-frio (gripes e constipações), paralisia facial por Vento-Frio.
Regula a função de descender e dispersar do Qi do Pulmão: tosse, asma, obstrução nasal, rinorreia.
Este ponto é muito usado.
combinações
7P – 1IG – 4IG – 9E – dor de garganta por frio, tonsilite, perda de voz súbito ou devido a grande esforço.Não serve para perda de voz por problemas cerebrais.
7P – 3VC – micção com sensação de calor.
7P – 4BP – impotência, infertilidade.
7P – 4IG – cefaleia devido a vento externo[45].
7P – 11B – 20VB – 31VB – 4IG – protocolo do síndrome BI vento.
7P – 20VB – 5TA – invasão por Vento-Frio[46].
7P – 4E – desvio da boca[47].
7P – 4IG – 20IG – problemas nasais.
7P – 20VB – 4IG – 20IG – Yintang – rinite por invasão de Vento-Frio externos[48].
7P – 1P – 4IG – 13B – 16VG – 5TA – tosse por invasão de Vento-Frio externos[49].
7P – 5P – asma e tosse.
7P – 5P – 13B – 6BP – 3R – tosse por secura do Pulmão[50].
7P – 1P – 13B – 6R – tosse por Vazio de Yin com secura do Pulmão[51].
7P – 6R – 17VC – 22VC – 13B – tosse e asma por Rebeldia de Qi do Pulmão[52].
7P – 5P – 13B – 22VC – 17VC – 4IG – 40E – Dingchuan – asma brônquica por Mucosidade-Calor[53].
7P – 6P – 10P – 2IG – 4IG – 14VG – hemoptise por invasão de Calor externo[54].
7P – 36E – dispneia aguda[55].
7P – 4IG – 20VB – 14VG – resfriado comum[56].
7P – 20VB – 4IG – 20IG – 12B – 7ID – gripe por Vento-Frio[57].
7P – 12B – 4IG – 20VB – 16VG – 13B – 20IG – 23VG – 20VG – 7R – gripe por Vento-Frio[58].
7P – 20VB – 4IG – 20IG – 12VC – 36E – 9BP – gripe com complicacão de Humidade[59].
7P – 20VB – 4IG – 20IG – 14VG – 11IG – gripe com complicacão por calor do Verão[60].
7P – 5P – 4IG – 13B – bronquite aguda. Algumas variações de sintomas implicam variações no uso de pontos de acupunctura. Com febre e calafrios associamos 20VB e 12B, hiperpirexia juntamos 14VG e 11IG, tosse intensa usamos 22VC e expectoração recorremos ao ponto 40E[61].
7P – 13B – 22VC – 9P – bronquite crónica ou aguda.[62]
7P – 13B – 22VC – 9P – 20VB – 4IG – bronquite crónica ou aguda devido a Vento-Frio[63].
7P – 13B – 22VC – 9P – 14VG – 11IG – bronquite crónica ou aguda devido a Vento-Calor[64].
7P – 13B – 22VC – 9P – 36E – 40E – bronquite crónica ou aguda devido a Humidade-Mucosidade[65].
7P – 13B – 22VC – 9P – 2F – 10P – bronquite crónica ou aguda devido a Fogo do Fígado[66].
7P – 13B – 22VC – 9P – 23B – 43B – 3R – bronquite crónica ou aguda devido a Vazio de Yin do Rim e Pulmão[67].
7P – 13B – 22VC – 9P – 20B – 23B – 4VC – 36E – bronquite crónica ou aguda devido a Vazio de Yang do Baço/Pãncreas e Rim[68].
7P – 40B – 11IG – 10BP – neurodermatite que afecta a área do pescoço[69].

8 – Jingqu
localização
A 1 cun da prega transversal do punho, no bordo interno da apósfise estilóide do rádio, ao nível da proeminência mais elevada.
inserção
Inserção perpendicular de 0,3 a 0,5 cun. Devemos ter o cuidado de puncturar ao lado da artéria radial.
função
1         Regula o Qi do Pulmão (função de descender).
2         Activa o meridiano.
indicações
Regula o Qi do Pulmão (função de descender): tosse, asma, dispneia, respiração curta e outros problemas relacionados com o pulmão (órgão).
Activa o meridiano: dor local (tendinites).
este ponto não é muito usado.
combinações

9 – Taiyuan
tradução
Tai significa supremo e yuan abismo. Este ponto é o abismo supremo.
localização
Situado na prega transversal distal do punho, no lado radial do osso trapézio, (por fora da artéria radial).
inserção
Inserção perpendicular de 0,2 a 0,5 cun.
função
1         Ponto Riacho/Shu.
2         Ponto Fonte e ponto terra.
3         Ponto de tonificação.
4         Regula o Qi do Pulmão: ao regular o Qi do Pulmão vai actuar a nível do Qi e do Yin. Alguns autores mencionam a capacidade deste ponto em eliminar calor, função que se deve ao facto de actuar em casos de Vazio de Yin.
5         Ponto de união dos vasos sanguíneos.
indicações
Ponto Fonte e ponto terra do pulmão: O ponto 9 é muito usado para casos de respiração curta, crónica, suor espontâneo e diarreia. Como é um ponto terra liga-se ao Baço e por isso é útil contra a diarreia. Para casos de deficiência é melhor que o ponto 7.
Ponto de tonificação: asma, tosse e bronquite por vazio de qi ou yin.
Regula o Qi do Pulmão: opressão torácica com respiração curta.
Ponto de união dos vasos sanguíneos: trata problemas dos vasos sanguíneos, para casos de estagnação de sangue devido a estagnação de qi, em particular na zona torácica.
combinações
9P – 13 B – deficiência do Pulmão.
9P – 5P – 12B – 13B – 17VC – 22VC – asma brônquica por Mucosidade-Frio[70].
9P – 13B – 20B – 43B – 6VC – 17VC – 36E – 2BP – asma brônquica por Vazio de Qi do Pulmão e Baço/pâncreas[71].
9P – 10P – garganta seca[72].
9P – 6P – tosse com hemoptise. Quando existe inflamação da artéria usa-se o ponto 6 que é o ponto de emergência do Pulmão
9P – 13B – 20B – 36E – 6VC – tosse por Vazio de Qi do Pulmão[73].
9P – 3R – 6VC – 4VC – Dingchuan – tosse por Vazio de Yang do Rim[74].
9P – 13B – 20B – 12VC – 36E – 40E – tosse por Humidade-Mucosidade no Pulmão[75].
9P – 36E – 17VC – 13B – tosse e bronquite devido a Vazio de Qi do Pulmão[76].
9P – 36E – 17VC – 4VC – 3R – tosse e bronquite devido a Vazio de Qi do Rim[77].
9P – 13B – 20B – 36E – 40E – bronquite crónica por Humidade-Mucosidade[78].
9P – 2B – 20IG – 4IG – 13B – 36E – sinusite crónica devido a Vazio de Qi do Pulmão[79].

10 – Yuji
localização
No bordo radial do 1º metacarpo, a meia distância dos seus extremos, (entre as peles dorsal e palmar da mão).
inserção
Inserção perpendicular de 0,5 a 1 cun.
função
1         Ponto Manancial/Ying.
2         Elimina Calor do Pulmão.
3         Regula descida de Qi rebelde.
4         Activa o meridiano.
indicações
Ponto Manancial (a função de eliminar calor advém de este ser um ponto manancial): tosse, asma por calor, bronquite por calor, hemoptise, febre, aversão ao frio.
Regula descida de Qi rebelde: vómitos, abdominalgia, problemas pulmonares.
Activa o meridiano: tendinite.
combinações
10P – 3MC – 7C – hemoptise ou hematemeses[80].
10P – 5P – hemoptise e outros problemas relacionados com aumento de calor. Deve notar-se que o ponto 10 usa-se em dispersão e o ponto 5 em tonificação[81].
10P – 6P – 7P – 2IG – 4IG – 14VG – hemoptise por invasão de Calor externo
10P – 6P – 2F – 6F – 4MC – hemoptise por Fogo no Fígado[82].
10P – 22VC – 23VC – 4IG – 44E – laringofaringite com calor excessivo no Pulmão e Estômago. Para tosse associam-se os ponto 5P e 7P; para rouquidão repentina os pontos 7P e 5C e para obstrução nasal os pontos 19IG e 20IG[83].
10P – 5P – 1P – 14VG – 6BP – dor de garganta por Plenitude Calor no Pulmão[84].
10P – 9P – garganta seca[85].
10P – 6MC – 36E – dificuldade em ingerir alimentos[86].
10P – 5P – 13B – 4IG – 40E – tosse por Mucosidade-Calor[87].

11 – Shaoshang
localização
No lado radial do dedo polegar, 2 mm posterior ao ângulo ungueal.
inserção
Inserção perpendicular a 0,1 cun ou oblíqua a 0,2 cun.
função
1         Ponto poço/Jing: de acordo com as funções dos pontos Jing, este ponto elimina Vento.
2         Elimina Calor do Pulmão.
3         Ponto Madeira.
4         Remove obstruções por Vento-Frio (neste caso não elimina Calor mas desbloqueia).
5         Ponto fantasma de Sun Simiao
indicações
Ponto Ying/Poço: ressuscita, febre alta, coma, alterações de consciência, reanima consciência.
Remove obstruções por Vento-Frio: tonsilite, dor de garganta, convulsões, epilepsia.
Ponto Fantasma de Sun Si-Miao: problemas psicológicos.
combinações
em casos de excesso pode-se sangrar este ponto.
11P – 7C – 1R – 15B – demência[88].
11P – 7P – tosse com dispneia[89].
11P – 16VG – 4IG – 11IG – 5TA – 12B – 13B – 14VG – 20VB – gripe por Vento-Calor[90].
11P – 4IG – 11IG – 9BP – 13VC – 5TA – 14VG – gripe por Vento-Humidade-Calor[91].
11P – 7P – 4IG – 12VC – 6BP – 6R – gripe por Vento-Secura-Calor[92].
11P – 22VC – 4IG – dor e inchaço na garganta[93].
Os pontos mais usados neste meridiano são: 1P, 5P, 6P, 7P, 9P e 10P.

NOTA: Os pontos deste meridiano localizam-se no bordo do osso, do tendão ou no bordo do bíceps.

No bordo do osso: como no caso de 6P (Kongzui), no lado interno do rádio, e de 8P (Jingqu) no bordo interno da apófise estilóide.

No bordo do tendão: como 5P (Chize), no bordo externo (lado radial) do tendão do músculo bíceps braquial, na prega transversal do cotovelo.

No bordo do bíceps: como 3P (Tianfu) e 4P (Xiabai), que se encontram no bordo externo do músculo bíceps braquial.
Fonte: http://acuforma.com/meridiano-do-pulmao-shou-tai-yin/